sábado, 1 de outubro de 2016

Do Dia Mundial do Vegetarianismo

Sozinha não, mas talvez todos tenhamos uma parte a fazer, em alguma coisa, nesse sentido...
E tudo o que faço sozinha já tem o seu valor.

«A carência de alguns nutrientes associada a uma dieta vegetariana é um dos aspetos que mais preocupa os profissionais de saúde, mas a verdade é que é uma questão que pode facilmente ser evitada com escolhas alimentares corretas e que destaquem a variedade e a cor. Afinal, é possível comer proteína sem ter que comer animais.
[...]
E se fossemos todos vegetarianos? Sem fundamentalismos, sem imposições e sem restrições. Até porque não é fácil deixar de comer carne e peixe, especialmente num país como o nosso, aclamado mundialmente pela qualidade do gado e do pescado.
[...]
A ciência ainda não está certa se a dieta vegetariana é mesmo a melhor para o ambiente. Equilíbrio parece ser a palavra de ordem.
[...]
Devemos ser todos vegetarianos? Não necessariamente, cada um deve seguir um plano alimentar que permita assegurar as suas necessidades, preferencialmente se recomendado e aconselhado por um nutricionista. Mas a verdade é que a ciência encontra mais aspetos positivos do que negativos na alimentação que exclui carne e peixe e ser vegetariano pelo menos uma vez por semana pode mesmo ajudar a melhorar a qualidade de vida, a saúde, o ambiente e os animais.»

- in Notícias ao Minuto. Fazer o favor de ler a notícia integral, que é das mais equilibradas que já li.

Sem comentários:

Enviar um comentário