segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Insight

Claro que eu tenho pouca segurança em mim!... Quero fazer as coisas perfeitas e sei que isso não é possível, que é super irrealista de se conseguir... Então claro que fico ansiosa, claro que sofro com as coisas. Talvez baixar as expectativas para serem mais correspondentes à realidade, não? Baixava um bocadinho a pressão que ponho em mim. E que tal tentar ser boa apenas? Não me preocupar em ser perfeita. Talvez resultasse melhor, não? Ou seja, ninguém é perfeito... E o bom, por norma, corre bem.

(Eu explico: tenho exame de condução amanhã e tenho estado a tarde toda até agora numa pilha de nervos).

Update: diz meu amor, e bem, "Não penses eu tenho de ser melhor. Pensa eu consigo ser melhor. Sim, tu fazes algo porque queres, não porque és obrigada. Por isso não vejas isso como uma obrigatoriedade, e sim como uma possibilidade de melhorar".

Sem comentários:

Enviar um comentário