domingo, 6 de dezembro de 2015

Se é para viver, que se viva mesmo - ou que sentido tem? Se é para voar, que seja de verdade - ou o que significa? Se é para cair, que seja a sério - porque se não importar, de que nos serve? 
Ou se é inteiro - ou para que é que o queremos?

Sem comentários:

Enviar um comentário