segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

28. Nenúfar

Encontrei um príncipe num nenúfar... E não: não foi por se tratar de um sapo encantado.
Encontrei um príncipe num nenúfar porque o príncipe que conheci deixa-se ficar sob a água; sob as plantas; sob a natureza. Encontrei um príncipe num nenúfar como podia ter encontrado sob um ramo ou uma pedra. Este príncipe posa olhos, ouvidos e coração junto da essência da mãe Terra e lá se deixa ficar - é efetivamente daqueles que andam pelas florestas.
Felizmente estava vestida de urso quando o conheci. Tê-lo-ei chamado à atenção por isso? *rindo*

Sem comentários:

Enviar um comentário